tratamentos

Câncer de pele

Curável, em sua grande maioria, quando detectado precocemente, o câncer de pele é causado pelo crescimento anormal e descontrolado das células que compõem a pele. Existem diversos tipos de câncer de pele, divididos em dois grupos principais: os melanomas e os carcinomas (também conhecidos como “câncer de pele não melanoma”).

Os carcinomas são o tipo mais comum, representam cerca de 95% dos tumores malignos de pele e estão relacionados diretamente com grande exposição aos raios ultravioleta (UV) do sol durante a vida. Costumam se manifestar como asperezas na pele ou como pequenas feridas que sangram facilmente e não cicatrizam. Quase sempre se localizam nas áreas de pele exposta ao sol diariamente (rosto, orelhas, careca, ombros etc.), mas podem surgir em qualquer local.

Alguns fatores de risco: exposição solar, histórico familiar e pessoal, idade e imunidade enfraquecida.

O melanoma é menos frequente (5%) que outros tumores de pele, porém costuma ter comportamento mais agressivo. Costuma se manifestar como pintas de cor escura (negro ou castanho). A associação do melanoma com o sol é bem conhecida, principalmente com os episódios de exposição intensa, mas este tipo de câncer de pele também tem forte influência genética.